Confiança do comércio cai e atinge menor nível desde abril de 2021

Por Ana Cristina Campos – Repórter da Agência Brasil – Rio de Janeiro

O Índice de Confiança do Comércio (Icom) cedeu 0,4 ponto em janeiro, ao passar de 85,3 para 84,9 pontos, menor nível desde abril de 2021 (84,1 pontos). Em médias móveis trimestrais, o indicador recuou 3,1 pontos, a quinta queda consecutiva. Os dados foram divulgados hoje (28), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV).

Segundo o economista do Ibre/FGV, Rodolpho Tobler, a confiança do comércio inicia o ano reduzindo a velocidade da desaceleração observada no final de 2021. Para o pesquisador, o resultado negativo foi influenciado pela percepção de queda no volume de vendas.

Patamar

“As perspectivas para os próximos meses melhoram, mas ainda é cedo para comemorar, considerando o patamar abaixo do nível neutro do índice. A inflação elevada, renda média do trabalhador em baixa, confiança dos consumidores em queda e juros em alta parecem ser fatores que pressionaram a confiança do comércio nesse nível mais baixo. Para voltar ao caminho de recuperação da confiança serão precisos sinais positivos nos fatores mencionados, além da continuidade do controle da pandemia”, disse, em nota,  Tobler.

O recuo no mês foi resultado da piora da percepção sobre o momento presente. O Índice de Situação Atual (ISA-COM) caiu 3,5 pontos, chegando a 80,5 pontos, menor valor desde março de 2021 (75,9 pontos). Já o Índice de Expectativas (IE-COM) avançou 2,7 pontos, ao passar de 87,3 pontos para 90 pontos.

Edição: Kleber Sampaio

Fonte: Agência Brasil

Fotografia: REUTERS/Paulo Whitaker

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.