Inscritos no Programa Bolsa Família no Ceará devem atualizar seus dados até o próximo dia 29

publicado em 27 de Fevereiro de 2012


(Clique aqui para ler a matéria na fonte)  

Fonte: InvestNE

Por Redação

Em todo o Estado, 49.363 beneficiados terão que comparecer às prefeituras de suas respectivas cidades

Os inscritos no Programa Bolsa Família no Ceará devem atualizar seus dados até o próximo dia 29 para não terem seus benefícios cancelados a partir de 1º de março. A orientação é do Núcleo de Benefícios e Transferência de Renda, da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS). Em todo o Estado, 49.363 beneficiados terão que comparecer às prefeituras municipais de suas respectivas cidades munidos de documentação para realizar a atualização dos dados.

No processo de revisão cadastral de 2011, o Ceará tinha 134.015 famílias com cadastros a serem atualizados, das quais 84.652 já tiveram a situação regularizada. O número corresponde a 63% de cadastros atualizados em todo o Estado, valor acima da média nacional que foi de 58%.

Treze municípios cearenses tiveram melhor desempenho no processo de revisão cadastral de 2011 e ficaram entre 90% e 100% de benefícios revisados. Acarape, Altaneira, Cariús, Cruz, Ererê, Jaguaribara, Jaguaruana, Madalena, Miraíma, Mucambo, Mulungu, Piquet Carneiro e Pires Ferreira revisaram 3.721 cadastros de 3.997, o que corresponde a 93,09% de benefícios atualizados.

No Ceará, estão cadastrados no CadÚnico 1.619.022 famílias, das quais 1.076.763 são beneficiárias do Bolsa Família, e recebem auxílio mensal de R$ 32,00 a R$ 306,00, dependendo da composição familiar e da situação de pobreza em que se encontrem.

Além do Bolsa Família, os inscritos no CadÚnico no Ceará podem ser contemplados em outros programas, como o Minha Casa Minha Vida, o Peti, o ProJovem e gozar de novos benefícios, a exemplo de tarifas sociais, de isenção de taxas para concurso público e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) etc.

Em dez anos do CadÚnico, o Ceará já foi premiado duas vezes, uma em cada edição do programa, por desenvolver ações inovadoras de gestão e desempenho na qualificação e inserção de novos beneficiários. O Ceará também foi o primeiro Estado do Brasil a ter todos os municípios incluídos no CadÚnico.

Do Governo do Estado