Uso da força em Hong Kong pode afetar acordo dos EUA com a China

Fonte: Agência Brasil, publicado em 19 de Agosto de 2019


Por NHK (emissora pública de televisão do Japão)

 

 

O presidente americano Donald Trump indicou que as negociações entre os Estados Unidos e a China podem ser afetadas caso Pequim faça uso de violência para conter manifestantes em Hong Kong.

 

Trump falou a repórteres em Nova Jersey, no domingo (18).

 

Ele expressou preocupação a respeito de "um novo incidente como do da Praça da Paz Celestial", referindo-se a um ataque militar contra manifestantes pró-democracia ocorrido em Pequim em 1989.

 

Trump disse que caso Pequim decida pelo uso da força, será difícil fechar um acordo comercial com a China. E indicou que o congresso americano poderá tomar uma postura mais rígida em relação ao país, estragando o ambiente das negociações.

 

Trump disse acreditar que o presidente chinês Xi Jinping será capaz de resolver a questão por meio de conversas com os manifestantes.

 

Ele disse que quer que a situação em Hong Kong seja resolvida de forma humanitária, o que seria um desenvolvimento positivo para um acordo comercial.

 

Há expectativa de que Trump converse ao telefone com Xi Jinping em breve para pedir pela resolução pacífica da situação.