Desemprego sobe para 17,5% na região metropolitana de São Paulo

Fonte: Agência Brasil, publicado em 30 de Maio de 2018


Por Agência Brasil | São Paulo

 

Pesquisa da Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade), com a colaboração do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), indica um crescimento na taxa de desemprego  de 16,9% em março para 17,5% em abril na região metropolitana de São Paulo.

 

O desemprego aberto, que reúne os que procuram trabalho durante o mês, subiu de 13,6% para 14,5%, e o desemprego oculto, agrupando os que não procuram vagas, caiu de 3,3% para 3,0%.

 

O número de desempregados foi estimado em 1,943 milhão, crescimento de 83 mil em relação a março.

 

A taxa de desempregou subiu na capital paulista, passando de 16,3% em março para 16,8% em abril. Na região de Guarulhos e Mogi das Cruzes, ela foi de 20,5% para 21,9%, e ficou estável no ABC Paulista (de 16,6% para 16,5%).

 

O nível de ocupação não variou (0,1%) e o contingente de ocupados foi estimado em 9,159 milhões de pessoas.

 

O número de assalariados ficou estável, com aumento da carteira de trabalho assinada (0,7%) no setor privado. O total de trabalhadores autônomos também aumentou 0,7% e de empregados domésticos, subiu 3,1%.

 

Edição: Kleber Sampaio