EUA voltam a ameaçar iniciar guerra comercial com a China

Fonte: Agência Brasil, publicado em 29 de Maio de 2018


Por Paola De Orte – Repórter da Agência Brasil | Washington

 

A Casa Branca disse hoje (29) que os Estados Unidos “vão impor uma tarifa de 25% em U$ 50 bilhões de bens importados da China contendo tecnologia industrial significativa”. O governo norte-americano acusa o país de roubo de propriedade intelectual. Segundo o comunicado, a lista final de produtos importados que serão atingidos será anunciada no dia 15 de junho.

 

A medida havia sido anunciada pela Casa Branca em abril, mas ainda havia expectativa de que pudesse ser revogada. O secretário do Tesouro norte-americano, Steven Mnuchin, havia dito no dia 20 de maio que a guerra comercial com os chineses estava suspensa. Também estava programada uma visita do secretário de Comércio, Wilbur Ross, para Pequim neste final de semana.

 

A Casa Branca também anunciou que vai implementar restrições a investimentos chineses e aumentar o controle sobre bens exportados para a China. A razão, segundo o governo, é proteger a segurança nacional. As novas restrições serão anunciadas até o dia 30 de junho.

 

O governo também afirmou que vai continuar levando adiante o processo na Organização Mundial do Comércio (OMC) sobre violação de direitos de propriedade intelectual por parte da China. O processo foi iniciado no dia 23 de maio deste ano.

 

No início de maio deste ano, China e Estados Unidos concordaram em analisar conjuntamente medidas para reduzir o superávit do comércio chinês com os Estados Unidos, movimento que parecia diminuir as chances de uma guerra comercial entre as duas maiores economias mundiais.

 

Edição: Fábio Massalli