Bolsas europeias abrem com oscilações

publicado em 12 de Agosto de 2011


(Clique aqui para ler a matéria na fonte)

Fonte: Agência Brasil

Da Agência Lusa

Brasília – Depois de uma semana tensa e com queda no mercado de investimentos, as bolsas europeias abriram hoje (12) com variações indicando possibilidades iniciais de alta, mas com queda em seguida. As Bolsas de Lisboa, Madri e Paris iniciaram o dia com leve valorização, enquanto Londres e Milão apontam para baixo em um mercado volátil e hesitante.

Na abertura das sessões, o principal índice bolsista de Madri, o Ibex 35, registava subida de 0,31%, mas passou rapidamente para o vermelho. Menos de meia hora depois de abrir, o Ibex 35 já estava perdendo 2,46%.

A Espanha é um dos quatro países onde a Autoridade de Regulação Financeira Europeia limitou  por 15 dias, a partir de hoje (12), as vendas a descoberto. A medida foi tomada depois de informações não confirmadas de que a falência do Société Générale tenha provocado queda estrondosa no setor bancário. Também foram afetados pelos rumores de falência do Société Générale a França, Itália e Bélgica.

A Grécia já havia adotado a medida no dia 8 de agosto. Em Paris, o índice CAC 40 começou o dia com leve alta - 0,17%, mas começou a cair rapidamente - após divulgação de informações de que a economia francesa registrou crescimento nulo no segundo trimestre do ano.

A Bolsa de Milão abriu em baixa de 0,66%, depois de ter fechado ontem (11) em alta. Em Londres, o índice Footsie-100 abriu com leve alta de 0,3% e, em seguida, teve queda de 0,87%. Na próxima terça-feira (16), o presidente da França, Nicolas Sarkozy, e a chanceler da Alemanha, Ângela Merkel, vão discutir medidas conjuntas na zona do euro com o objetivo de tranquilizar os investidores.

{jcomments on}