Recuo na produção de veículos puxa queda da indústria

Fonte: Agência Brasil, publicado em 01 de Agosto de 2014


Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil 
Edição: Lílian Beraldo
 
A queda de 12,1% na produção de veículos automotores no país entre maio e junho deste ano foi a principal influência para o recuo de 1,4% da indústria brasileira no período. Segundo dados da Pesquisa Industrial Mensal, divulgados hoje (1º) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no entanto, esse não foi o único motivo para a quarta queda consecutiva da indústria nacional.
 
Dezoito das 24 atividades industriais pesquisadas pelo IBGE tiveram recuo na produção. Além dos veículos, tiveram queda setores como equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos (-29,6%), máquinas e equipamentos (-9,4%), vestuário e acessórios (-10%) e borracha e plástico (-5,6%).
 
Seis setores evitaram uma queda maior da indústria no período. O principal deles foi o segmento de  coque, derivados do petróleo e biocombustíveis, que apresentou crescimento de 6,6%. Outro setor importante, que também teve resultado positivo em junho, foi o de produtos alimentícios, com alta de 2,1%.