Nação "não vai se deixar intimidar pelos ataques", diz primeiro-ministro norueguês

publicado em 27 de Julho de 2011


(Clique aqui para ler a matéria na fonte)

Fonte: Agência Brasil

Da Agência Lusa

Brasília - O primeiro-ministro norueguês, Jens Stoltenberg, assegurou hoje (27) que a Noruega "não se vai deixar intimidar pelos ataques" de sexta-feira (22) no centro de Oslo e numa ilha próxima, dos quais resultaram 76 mortos.

Em entrevista coletiva, Stoltenberg adiantou que a sociedade norueguesa vai manter-se firme na defesa dos seus valores e que a resposta à "brutal violência" continuará a ser a defesa da "liberdade, da abertura, da tolerância e da democracia". Para ele, as opiniões extremistas são legítimas, mas recusou legitimidade na adoção dessas medidas com violência.

O primeiro-ministro norueguês comprometeu-se também a rever as medidas de segurança no país depois dos dois ataques. “Depois da investigação e quando, de uma certa forma, nós tenhamos terminado de confortar aqueles que perderam [familiares], chegará o momento de examinar todas as experiências que tiramos dessa operação”, declarou Stoltenberg.

“Isso virá depois”, afirmou Stoltenberg quando foi questionado sobre o exame das medidas de segurança.

As declarações surgem depois de terem sido formuladas críticas na Noruega sobre a gestão pela polícia dos ataques perpetrados por Anders Behring Breivik, um extremista norueguês de 32 anos.

{jcomments on}