Comércio varejista visa aumento de 4% nas vendas no Dia das Mães

Fonte: InvestNE, publicado em 04 de Abril de 2013


Entre os produtos mais procurados estão roupas, calçados, bijuterias e acessórios, flores, perfumes, artigos para o lar, além de celulares, CDs e DVDs.

 

Segundo a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), as vendas do comércio varejista para o Dia das Mães deverão crescer 4% em relação ao mesmo período do ano passado. Entre os produtos mais procurados nas lojas durantes as compras estão os itens de vestuário, calçados, bijuterias e acessórios, flores, perfumes, artigos para o lar, além de celulares, CDs e DVDs.

 

"Haverá, sim, um crescimento, mas não tão forte, uma vez que todos os índices de confiança do consumidor se apresentam em patamares relativamente baixos. Além disso, o nível de endividamento do brasileiro inibe o poder de compra por meio do crédito", disse o presidente da CNDL, Roque Pellizzaro Junior. Apesar de não ser um crescimento extremamente alto, o número (4%) é considerado bom pela CNDL.

 

Comemorado no segundo domingo do mês de maio, o Dia das Mães é a segunda data mais lucrativa para o comércio, ficando atrás somente do Natal. De acordo com a CNDL, o gasto médio do consumidor brasileiro deve ser de R$ 80.

 

Do Brasil Econômico.