Indústria nacional registrou expansão de 1,5% em agosto

Fonte: InvestNE, publicado em 02 de Outubro de 2012


No acumulado de janeiro a agosto de 2012, produção registra declínio de 3,4%. Em 12 meses, queda é de 2,9%

 

A produção industrial brasileira registrou uma expansão de 1,5% em agosto de 2012, na comparação com o mês imediatamente anterior, de acordo com os dados divulgados nesta terça-feira (2/10) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

 

O resultado representa a terceira alta consecutiva nessa base de comparação, o que leva a produção a acumular avanço de 2,3% no período. Já na comparação com agosto de 2011, o nível da produção da indústria nacional aponta queda de 2%, 12ª variação negativa seguida, ainda que tenha sido na menor intensidade desde dezembro do ano passado (-1,3%).

 

Entre as categorias de uso, na comparação de agosto frente a julho, destaque de alta para o desempenho dos bens de consumo duráveis, que tiveram incremento de 2,6%, e dos bens intermediários, que subiram 2%.

 

Dos 27 ramos investigados pelo IBGE, 20 apresentaram crescimento, entre eles o setor de veículos automotores, que avançou 3,3%, acumulando um aumento de 9,3% nos últimos três meses.

 

Também contribuíram para a performance da produção em agosto os ramos alimentos (2,1%), fumo (35%), refino de petróleo e produção de álcool (2,5%), farmacêutica (3,1%), e material eletrônico, aparelhos e equipamentos de comunicações (5,9%).

 

Já na comparação anual, 16 dos 27 setores tiveram retração, como o de veículos automotores, que recuou 11,2%, o de máquinas e equipamentos, que caiu 6,6%, o de metalúrgica básica, que cedeu 5,5%, e o de material eletrônico, aparelhos e equipamentos de comunicações, que diminuiu 12,6%.

 

Informações do Brasil Econômico