Taxa de desemprego recuou para 5,3% em agosto

Fonte: InvestNE, publicado em 20 de Setembro de 2012


Rendimento médio real dos trabalhadores ficou em R$ 1.758,10 no mês passado, valor 1,9% maior que o verificado em julho



 

Segundo dados divulgados nesta quinta-feira (20/9) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a taxa de desocupação de agosto recuou para 5,3% no conjunto das seis regiões metropolitanas, frente ao mês anterior. Em agosto de 2011, a taxa foi de 6,0%.

 

O contingente de desocupados foi estimado em 1,3 milhão de pessoas em agosto, apresentando estabilidade em relação ao mês anterior e queda de 10,6% frente a agosto de 2011. Já a população ocupada atingiu 23 milhões, alta de 0,7% frente ao mês de julho.

 

O número de trabalhadores com carteira de trabalho assinada no setor privado, em agosto deste ano, foi de 11,4 milhões. Este resultado não apresentou variação frente a julho, entretanto, verificou-se crescimento de 3,2% na comparação com agosto de 2011.

 

Tendo em vista a greve dos servidores federais entre junho e agosto, o IBGE também divulgou hoje os dados completos dos meses de junho e julho, incluindo as Regiões Metropolitanas do Rio de Janeiro (resultados de junho e julho) e de Salvador (resultados de julho). A taxa de desemprego foi de 5,4% em julho, e de 5,9% em junho.


Renda

O rendimento médio real dos trabalhadores ficou em R$ 1.758,10 no mês passado, valor 1,9% maior que o verificado em julho. A massa de rendimento médio real dos ocupados foi estimada em R$ 40,7 bilhões em agosto, alta de 2,3% frente a julho.

 

Informações do Brasil Econômico