Bens de capital terão prazo de depreciação menor para estimular compra por parte de empresários

Fonte: Agência Brasil, publicado em 13 de Setembro de 2012


Mariana Branco e Luciene Cruz
Repórteres da Agência Brasil

 

Brasília – O governo implementará a depreciação acelerada de bens de capital, a fim de estimular a aquisição desse tipo de bem por empresários. Em lugar da depreciação em dez anos, vigente para a maior parte dos produtos dessa espécie, o prazo será reduzido para cinco anos.

 

O anúncio foi feito hoje (13) pelo ministro Guido Mantega, como parte de um pacote de medidas de estímulo ao aquecimento da economia.

 

Quando uma empresa adquire uma máquina, pode lançar parte do preço como despesa a cada ano. O lançamento diminui o lucro e, portanto, resulta em queda no Imposto de Renda recolhido. De acordo com Mantega, o governo espera, com isso, acelerar a compra de bens de capital até o final do ano.

 

A renúncia fiscal prevista com a medida, para 2013, é R$ 1,374 bilhão. O total de renúncia fiscal em cinco anos será R$ 6,755 bilhões.


Edição: Lana Cristina