Operações de crédito devem crescer 25% no Nordeste, diz BNB

Fonte: InvestNE, publicado em 12 de Setembro de 2012


Crescimento será influenciando, sobretudo, pelo aumento das operações dos bancos oficiais



  

A taxa de expansão das operações de crédito na região Nordeste deve continuar crescendo em 2012, permanecendo entre as mais altas do País. De acordo com informações do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), o crescimento será por volta de 25% este ano, influenciando, sobretudo, o crescimento das operações dos bancos oficiais, que deverão aumentar ainda mais suas participações no sistema bancário regional.

 

Segundo o órgão do Banco do Nordeste, a repercussão da redução dos juros sobre a economia nordestina certamente será mais forte do que para outras regiões mais desenvolvidas (Sudeste e Sul), em função do maior peso dos bancos oficiais no Nordeste.

 

A trajetória de crescimento das operações de crédito no país deverá manter-se forte em 2012, estimando-se uma expansão em torno de 15%, que é uma meta das autoridades monetárias.  Os juros também deverão apresentar uma tendência declinante, em função dos cortes da taxa básica de juros, que devem ser promovidos pelo Comitê de Política Monetária (Copom), e da redução dos juros praticados nas operações de crédito dos bancos públicos, seguida pela banca privada.

 

A taxa de inadimplência deverá estabilizar-se, com possibilidade de queda no curto prazo, uma vez que as operações com encargos financeiros maiores podem ser substituídas por novas operações, com custos menores.