IGP-M já acumula alta de 6,02% no ano

Fonte: InvestNE, publicado em 20 de Agosto de 2012


Índice serve de referência para reajuste de contratos de aluguel

 

O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) avançou 1,38% na segunda leitura de agosto. No mesmo período do mês passado, a alta foi de 1,11%, conforme dados da Fundação Getulio Vargas (FGV). A taxa também superou o registrado na primeira prévia de agosto, que havia apontado alta de 1,21%. O índice, que é referência para reajustes de contratos de aluguel, acumula alta de 6,02% no ano e 7,68% em 12 meses. Nessa leitura, houve aceleração nos preços tanto no varejo quanto no atacado. O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que avalia os produtos por atacado, passou de uma alta de 1,45% para uma taxa de 1,94%.

 

Nesse índice, os produtos agrícolas tiveram alta de 5,43%, face a 2,35% no mês passado. Já a taxa dos produtos indutriais passou de 1,13% para 0,65% em agosto. Por sua vez, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede os preços no varejo, registrou variação de 0,26%, no segundo decêndio de agosto, ante 0,23%, no mesmo período do mês anterior.

 

Tiveram aceleração os grupos Educação, Leitura e Recreação (de 0,18% para 0,43%), Comunicação (de 0,10% para 0,30%), Transportes (de -0,46% para -0,37%) e Saúde e Cuidados Pessoais (de 0,36% para 0,45%). No sentido contrário, registraram decréscimo nas taxas os grupos Habitação (de 0,23% para 0,16%), Despesas Diversas (de 0,29% para 0,22%), Vestuário (de -0,29% para -0,37%) e Alimentação (de 0,88% para 0,84%). O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) apresentou, no segundo decêndio de agosto, variação de 0,36%. No mesmo período do mês anterior, a taxa foi de 0,91%.

 

Do Brasil Econômico