A atualidade da carta do Imperador Vespasiano a seu filho Tito



PEDRO JORGE RAMOS VIANNA

PROFESSOR TITULAT DA UFC. APOSENTADO


Em 22 de junho do ano de 79 d.C. o Imperador Vespasiano escreveu uma carta a seu filho Tito aconselhando-o a terminar a construção do Coliseum que ele havia iniciado.

 

É importante conhecer os argumentos do Imperador. São eles:

 

1. “Alguns senadores o criticam, dizendo que deveríamos investir em esgotos e escolas. Não dê ouvidos e estes poucos. Pensa: onde o povo prefere pousar seu clunis: numa privada, num banco de escola ou em um estádio? Em um estádio, é claro.”

 

2. “Será uma imensa propaganda para ti”;

 

3. “Outra vantagem do Coliseum: ao erguê-lo teremos repassado dinheiro público para os nossos amigos construtores, que tanto nos ajudam nos momentos de precisão.”

 

4. E por fim deixa este conselho: “Para seduzir o povo: pão e circo”.

 

Esta carta foi escrita a exatos 1.938 anos.

 

Há alguma similitude entre o Governo de Vespasiano e os governos do PT e do Temer?



    Pedro Vianna


    Sócio fundador da Econometrix e da TPJ Economistas Associados, com 40 anos de experiência na área da Ciência Econômica. Foi Diretor do Sistema BEC/BANDECE. Foi chefe do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste-ETENE, do BNB. Foi Vice-Presidente da Associação de Bancos de Desenvolvimento - ABDE. Foi Professor Titular em Ciência Econômica da Universidade Federal do Ceará. Foi Professor Pesquisador do Seminar Für Allgemeine Betriebswirtschaftslehre, Beschaffung und Produktpolitik, e do Institut Für Finanzwissenschaft, ambos da Universidade de Colônia (Alemanha). Especialista nas áreas de Economia Internacional e Ciência Tributária.